Paciente Especial

Quem é o paciente especial?

São pacientes que apresentam restrição física, intelectual, sensorial ou sistêmica de natureza permanente ou transitória e que requeiram cuidados especiais na realização do tratamento odontológico. Os pacientes especiais podem ser dividido em quatro grandes grupos:

Doenças neuropsicomotoras

Síndromes de mal formação congenita, fendas faciais, deficiência motora, deficiência intelectual, paralisia cerebral, autismo, distrofias musculares, doenças psquiátricas, transtornos globais de desenvolvimento, deficiências sensoriais (cegos, surdos e surdocegos), Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson e alterações degenerativas.

Doenças sistêmicas crônicas

Pacientes oncológicos, cardiopatas, hipertensos, diabéticos, transplantados de medula óssea, transplantados de órgãos sólidos, diabéticos, nefropatas, hepatopatas, portadores de imunodeficiências.

Doenças infecto-contagiosas

Hepatites virais, HIV/ADIS, HTLV, tuberculose

Síndromes em geral

Síndrome de Down, Síndrome de Moébios, Síndrome de Treacher-Collins, Síndrome de Williams e etc.