Craniossinostoses

O fechamento prematuro das suturas cranianas é conhecido como craniossinostose, que podem ocorrer devido a fatores genéticos e ambientais.

As craniossinostoses podem estar vinculadas a outras malformações, onde geralmente os pacientes apresentam outras anomalias físicas, como na morfologia auricular, a perda auditiva, allterações cardiovasculares, e nos membros dos pés e mãos.

As mutações nos genes ( FGFR2, FGFR1, FGFR3, TWIST) podem levar a quadros clínicos compatíveis com craniossinostoses sindrômicas, entre elas a Sindrome de Pfeifer, Síndrome de Apert, Síndrome de Crouzon, Síndrome de Carpenter, Síndroem de Pfeifer, entre outras.

As alterações facias no terço médio da face são as responsáveis pela maloclusão desses pacientes, e o manejo odontológico deve ser cuidadoso desde a anamnese para identificar possíveis alterações cardíacas e de déficit de linguagem, que podem comprometer a comunicação entre paciente-profissional.

Dra. Claudia Barbosa
Cirurgiã-dentista Especialista em Odontologia para Pacientes Especiais, com experiência no atendimento de pacientes com alterações sensoriais